em Cidadania e Direitos Humanos, Notícias, Política, Saúde

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Flávio Arns (Rede-PR) cobrou diálogo do Ministério da Saúde com as comunidades indígenas do país em relação à proposta do governo de municipalizar a saúde indígena. Em pronunciamento em Plenário, nesta terça-feira (26), Flávio Arns observou que as lideranças indígenas têm se mostrado críticas à ideia.

A proposta de extinção da Secretaria de Saúde Indígena e de municipalização desse serviço provocou, inclusive, a ocupação da prédio do Ministério da Saúde pelos índios, em Curitiba, disse o senador.

— Os manifestantes cobram diálogo com o Ministério da Saúde, uma vez que a proposta de alteração da política de atenção à saúde indígena não foi debatida junto às comunidades. A gente tem de parar de trilhar esse caminho no Brasil: fazer as coisas sem discutir com as comunidades, com as pessoas envolvidas — declarou o senador.

Segundo Flávio Arns, também os representantes dos municípios nos quais se localizam comunidades indígenas discordam da medida do governo federal, alegando não terem condição de prestar o serviço de saúde.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar